Carnaval

Guará intensifica campanha contra Aids no Carnaval




PortalR3Com a proximidade da festa carnavalesca, a Prefeitura Municipal da Estância Turística de Guaratinguetá intensificou as ações de prevenção e combate às DSTs/HIV/AIDS e Hepatites Virais.

Entre as ações, a equipe da Vigilância Epidemiológica está dando continuidade à campanha “Fique Sabendo”, ocorrida no mês de dezembro, quando foi comemorado o Dia Mundial da Luta contra a Aids. A proposta da campanha é conscientizar a população a procurar uma unidade de saúde para realizar o Teste Rápido, que disponibiliza de imediato o diagnóstico da Aids.

Das 8h às 16h, de segunda a sexta, o teste pode ser feito em 11 unidades de saúde: AME, Centro de Saúde, e postos do Engenheiro Neiva, Jardim do Vale, Pingo de Ouro, Parque São Francisco, São Dimas, São Manoel, Tamandaré, Vista Alegre e Rocinha.

O paciente, ao chegar no posto, passa por uma pré-consulta. Em seguida, ele faz o teste, cujo resultado fica pronto em 10 minutos. Quando o teste dá negativo, o paciente recebe aconselhamento sobre prevenção. Se o resultado for positivo, o paciente é inserido no programa DST/Aids, para iniciar o tratamento com exames, medicamentos, e consultas com médicos e psicólogos.

A equipe de DST/Aids faz parte do SAE (Serviço de Assistência Especializada), formado por um coordenador, uma enfermeira, duas técnicas de enfermagem, dois médicos, uma psicóloga, uma farmacêutica e uma pediatra. O SAE é vinculado à Vigilância Epidemiológica.

Prevenção – O Programa DST/AIDS tem como um de seus principais objetivos a prevenção da população com relação às doenças sexualmente transmissíveis, em especial o vírus HIV.

No Brasil estima-se que 530 mil pessoas estão contaminadas com o HIV, e que 135 mil infectados desconhecem que são portadores do vírus, fator que pode não só oferecer riscos para a saúde dessas pessoas como também contribuir para a propagação do HIV.

A primeira notificação de Aids em moradores de Guaratinguetá ocorreu em 1988. Desde então, o município registrou 515 casos da doença.

Preservativos – Também estão disponíveis nas unidades de saúde preservativos masculinos, que são distribuídos gratuitamente. Durante os quatro dias de Carnaval, na avenida Presidente Vargas, a Prefeitura vai distribuir folhetos de orientação sobre DSTs e preservativos masculinos.