João Telê é o novo técnico do Guaratinguetá

Por: Share:
No comando da equipe do Vale do Paraíba, Telê afirma que pretende ser arrojado e ao mesmo tempo inovador em seus métodos de trabalho. (Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa do Guaratinguetá Futebol Ltda.)
No comando da equipe do Vale do Paraíba, Telê afirma que pretende ser arrojado e ao mesmo tempo inovador em seus métodos de trabalho. (Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa do Guaratinguetá
Futebol Ltda.)

Em preparação para a disputa do Campeonato Paulista da Série A2, o Guaratinguetá anunciou seu novo comandante técnico, João Telê. Ele chega depois de passagem pelo Lemense e assume de forma definitiva após a campanha da Onça Azul na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A estreia do Garça acontece no dia 01 de fevereiro, em casa, contra o Mirassol.

No comando da equipe do Vale do Paraíba, Telê afirma que pretende ser arrojado e ao mesmo tempo inovador em seus métodos de trabalho. Ele também entende a necessidade de recolocar o Guaratinguetá na elite do futebol paulista, bem como devolver a Garça à Série B do Campeonato Brasileiro.

“Sou um técnico jovem, mas com muita ambição e objetivos concretos, e pretendo colocá-los em prática nesta minha chegada ao Guaratinguetá. Serei muito arrojado no que diz respeito à forma e maneira de jogar, porém, sempre almejando os três pontos sem covardia ou omissão. Esse é o estilo João Telê de trabalhar”, declarou.

Outro aspecto que o mesmo também fez questão de enfatizar, está relacionado ao trabalho com as categorias de base, até por que ele acredita ser esse o principal combustível para a sobrevivência de um clube de futebol, além dos deveres sociais para com a juventude e dessa forma lhe ofertar oportunidades concretas com a prática esportiva.

“Sabemos o quanto é complicado na atual conjuntura do futebol brasileiro gerar oportunidades para o jovem. Eu tenho como cultura estar muito próximo de uma outra realidadade e não usar o velho e conhecido jargão de que para se conquistar resultados com jovens é preciso mesclar. A verdade é que oportunidades para eles precisam ser ofertadas, e comigo isso vai acontecer”, encerrou.

VEJA TAMBÉM