Internado há 9 anos no HM de São José, jovem curte aniversário em casa




Alan Marques comemorou o aniversário em casa junto com a família. (Foto: Antônio Basílio/PMSJC)

Alan Marques comemorou o aniversário em casa junto com a família. (Foto: Antônio Basílio/PMSJC)

Foi preciso o Hospital Municipal de São José dos Campos montar uma verdadeira força-tarefa, mas valeu a pena: internado há 9 anos, o paciente Alan Marques, comemorou com um grande sorriso no rosto seu aniversário de 16 anos em casa, junto com amigos e familiares em casa.

Não faltou nada. Estava lá a mãe, o amigo conhecido no hospital, os parentes, a banda da igreja, o emblema do Santos – seu time de coração – e as tradicionais velinhas de aniversário sopradas com vigor e intensidade. Toda esta ação, foi um ato humanitário e de respeito ao paciente que tem uma história trágica em sua vida.

Alan sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) quando tinha 7 anos. Devido às sequelas, desde então ele não consegue sobreviver sem o uso de aparelhos que lhe proporcionam respiração mecânica. Por este motivo, ele mora no Hospital Municipal há 9 anos.

Apenas uma vez por ano Alan sai do hospital, e para isso é necessária uma complicada logística, feita para proporcionar ao menino algumas horas de “vida normal”.

“Para o hospital, é sempre uma felicidade poder proporcionar ao Alan essa alegria. Muitos funcionários vão à festa, toda a equipe tem um grande carinho por ele. É o nosso presente de aniversário”, disse o diretor clínico do HM, Marco Antonio da Silva.

Para proporcionar esta alegria ao hoje rapaz, foi preparado um forte aparato com montagem, transporte e instalação dos aparelhos em absoluta segurança. Com um par de óculos escuros e um sorriso emoldurando os lábios, ele transitou alegre pelos corredores, entrou na ambulância com UTI e teve a companhia de pelo menos sete profissionais, que acompanharam o garoto nesse seu dia feliz. Nem a chuva que caiu depois do almoço foi suficiente para impedir a festa feita em sua homenagem.

Segundo o diagnóstico médico, Alan sofre de uma doença degenerativa neurológica de causas genéticas que o deixou tetraplégico. Mas, mesmo morando num hospital, ele tenta levar uma vida normal: adora games e internet, estuda e tem muitos sonhos e planos para o futuro.

O aniversário dele é na véspera do Natal, 24 de dezembro, mas é sempre comemorado alguns dias antes, uma vez que, no período de festas, o hospital trabalha em esquema de plantão, o que torna mais difícil destacar profissionais para missões semelhantes. Alan, contudo, todo ano espera com grande ansiedade o dia da festa.

Este ano não foi diferente. Valeu o esforço de todos.