Brasil tem bom desempenho na Copa do Mundo de Ciclismo de Pista

Por: Share:
Gideoni Monteiro foi o grande destaque do Brasil. (Foto: Divulgaçãao/CBC)
Gideoni Monteiro foi o grande destaque do Brasil. (Foto: Divulgaçãao/CBC)

O Brasil aparece pela primeira vez na história entre os melhores na classificação geral da prova Omnium. Neste sábado, 6 de dezembro, Gideoni Monteiro representou o país em três provas e, mais uma vez, fez bonito, chegando a conquistar a terceira colocação na prova de Perseguição Individual. Com os resultados obtidos, Gideoni ocupa atualmente a 8ª colocação geral.

Apesar do bom desempenho, Gideoni acabou tomando um grande susto durante a última prova do dia (Eliminação), quando se envolveu em um acidente e teve que receber apoio mecânico para consertar a bicicleta e retornar para a competição, onde terminou com a 9ª posição. Gideoni ainda conquistou a 11ª colocação, na prova de Scratch e 3ª colocação na prova de Perseguição Individual.

publicidade

“Acabei levando um grande susto na última prova do dia, mas graças a Deus eu não me machuquei gravemente. A equipe foi rápida e conseguimos solucionar o problema da bike em tempo suficiente para que eu pudesse voltar para a competição. Estou me sentindo muito bem e espero poder fazer boas provas neste domingo”, declarou Gideoni.

A equipe brasileira também competiu na prova de Velocidade por Equipe, na sexta (5), representada pelos atletas Flávio Cipriano, Kacio Fonseca e Dieferson Borges, onde acabou sendo prejudicada por um problema na cronometragem e terminou apenas com a 14ª posição. Segundo o técnico, Emerson Silva, o erro pode ter prejudicado a equipe com aproximadamente meio segundo. A medalha de ouro ficou com a Alemanha, seguida pela Grã-Bretanha e Nova Zelândia.

“Infelizmente durante a prova de Velocidade por Equipe tivemos problemas com a cronometragem oficial. Tentamos entrar com recurso e provar através de imagens, mas não foi possível. Acredito que ficamos prejudicados com aproximadamente quase meio segundo, tempo suficiente para termos entrando entre as dez melhores”, declarou Emerson.

“É muito importante tentarmos nos manter entre os dez primeiros colocados na maior quantidade de provas possíveis. Isso nos proporciona acumularmos pontos que são fundamentais para conseguirmos a classificação olímpica. Neste domingo estaremos brigando novamente pelas primeiras colocações com os atletas Gideoni Monteiro e Flávio Cipriano”, completou o técnico.

Flávio Cipriano encerrou a participação brasileira neste segundo dia de Copa do Mundo, disputando a prova Keirin. O ciclista acabou não conseguindo classificação para as fases finais e finalizou na 26ª colocação. O colombiano Fabian Zapata terminou na primeira colocação, o britânico Jason Kenny com a prata, e o russo Nikita Shurshin com o bronze.

A seleção volta a competir neste domingo, 7 de dezembro, finalizando a sua participação na segunda etapa da Copa do Mundo de Ciclismo de Pista, que terá a terceira e última etapa em janeiro, na Colômbia. O grupo será representado por Flávio Cipriano, na prova de Velocidade Individual, e Gideoni Monteiro, nas provas do 1Km Contra-Relógio, Flying Lap e Pontos, todas do programa de provas da Omnium.

Calendário da Copa do Mundo de Pista 2014/2015

1ª etapa – Guadalajara – (8-9/11/2014)
2ª etapa – Londres – (5-7/12/2014)
3ª etapa – Cali – (17-18/01/2015)

VEJA TAMBÉM