Livro conta a história da Capela do Batismo do Santuário de Aparecida

Por: Share:
Lançamento da obra acontece na próxima sexta e será aberto a jornalistas credenciados. (Foto: Divulgação)
Lançamento da obra acontece na próxima sexta e será aberto a jornalistas credenciados. (Foto: Divulgação)

A conversão de uma família chinesa, em seu próprio país, por uma missão jesuíta. O exercício da fé cristã em uma nação onde os católicos representavam menos de 1% da população. A instalação do sistema Comunista e a perseguição a esta família por sua profissão de fé. A saída da China para preservar os bens da família. A chegada ao Brasil com um rápido crescimento dos negócios. Uma profunda devoção a Nossa Senhora, expressa em uma doação que se tornou um marco na história do Santuário Nacional.

Estes são alguns pontos relatados no livro, “A Joia de Aparecida”. Uma obra não comercial e bilíngue produzida por John Sieh, um dos 13 filhos da família chinesa que protagonizou esta árdua peregrinação ao Brasil. A publicação será lançada na próxima sexta-feira (28), em Aparecida, e conta detalhes do projeto de revestimento artístico da Capela do Batismo, no Santuário Nacional, fruto de uma doação devocional da Família Sieh.

“Da China a Aparecida”, assim começa o relato que narra a vinda de Joseph e Maria Sieh, e seus filhos, ao Brasil na década de 50. A obra conta com textos de John, filho do casal, de Dom Darci José Nicioli, Bispo-auxiliar de Aparecida, de Irmão João Batista de Viveiros, Prefeito de Igreja no Santuário Nacional e de Claudio Pastro, artista plástico que concebeu toda a arte sacra da Basílica.

A narrativa cronológica da história familiar expõem contextos que, interligados, acabam por demonstrar todo o caminho de perseverança e fé destes chineses. A materialização de sua devoção pode ser observada desde 2010, quando o Santuário Nacional inaugurou a Capela do Batismo graças ao custeio da obra provido pelos filhos do casal Sieh, uma expressão de gratidão pelas bênçãos recebidas através da intercessão da Mãe de Deus.

Hoje, depois de quatro anos inaugurada e após cerca de 10 mil batizados, a Capela do Batismo é um dos locais do Santuário Nacional que, por sua riqueza de símbolos, convida o devoto a refletir sobre o primeiro sacramento que todo cristão recebe. A Capela fica na explanada João Paulo II, à leste, no fim da colunata externa.

Lançamento – O evento de lançamento do livro “A Joia de Aparecida”, que conta este marcante trecho da história do Santuário, acontece na próxima sexta-feira em Aparecida. A programação prevê a meditação do Terço às 9h, na própria Capela do Batismo, seguida da celebração de uma Santa Missa na Basílica, às 10h30.

No período da tarde haverá um evento para convidados no Centro de Reuniões Santo Afonso, na Cidade do Romeiro, às 14h30, que marcará oficialmente o lançamento do livro. Como a obra não é comercial, poucos exemplares foram confeccionados e serão distribuídos aos convidados do evento.