Em Pinda, Casa de Noel supera expectativa de público e arrecadação

Evento teve a presença de mais 800 convidados e um aumento da renda de 60% em relação ao ano anterior




As idealizadoras comemoraram com os convidados o sucesso de mais uma edição. (Foto: André Ferrasreco/Divulgação)

As idealizadoras comemoraram com os convidados o sucesso de mais uma edição. (Foto: André Ferrasreco/Divulgação)

O evento beneficente Casa de Noel conquistou mais uma edição de sucesso, nos dias 17 e 18. Foram mais de 800 convidados, que além de confraternizarem em duas deliciosas noites, no verdadeiro espírito natalino, se emocionaram em poder ajudar entidades que necessitam de apoio na nossa região.

publicidade

A Casa de Noel 2014 contou também com a colaboração de mais de 30 empresas apoiadoras, fazendo com que o recurso arrecadado crescesse mais de 60%, possibilitando assim que um maior número de entidades fossem beneficiadas, somando no total 8 entidades apoiadas nessa edição. São elas: Casa Recomeço de Taubaté (hospeda e cuida de pacientes adultos em tratamento do câncer); Lar São Judas Tadeu de Pindamonhangaba (realiza assistência social para criança, adolescente e suas famílias); Fundação Dom José Antonio do Couto de Taubaté (desenvolve projetos de natureza cultura, social, de defesa do meio-ambiente, conservação e restauração de patrimônio históricos); IA3 de Pindamonhangaba (promove a inclusão social, combate a pobreza e prevenção da transgressão de jovens e adolescentes); Lígia Maria Ferreira da Fonseca de Pindamonhangaba (contribui com a artista plástica tetraplégica, da Associação dos Pintores com Boca e Pés), Casa do Ancião de Taubaté (assiste e ampara idosos carentes), APAE de Taubaté e APAE de Pindamonhangaba (promovem o bem estar e a inclusão social a deficientes intelectuais e múltiplos).

A confraternização desse ano contou com a participação da ex-atleta Lígia Maria Ferreira da Fonseca, que ficou tetraplégica após se acidentar nas paralelas. Hoje ela é membro da Associação dos Pintores com os pés e a boca, e no evento, participou pintando ao vivo, para que todos pudessem conhecer seu trabalho. Ela também é uma das beneficiadas da Casa de Noel. “No início fiquei nervosa com a possibilidade de todos me verem pintando, mas, depois fiquei tranquila e foi uma experiência muito legal. E do ponto de vista profissional foi excelente, pois toda exposição que faço, preciso enviar para a Suíça, onde fica a sede da Associação assim fortalecer meu vínculo como artista plástica”, ressaltou.
O sucesso dessa edição foi também o crescimento da participação do voluntariado, pois o evento possibilita proliferar o espírito de colaboração e dar a chance de pessoas e empresas fazerem a diferença, apoiando uma sólida e importante ação social.

As idealizadoras do evento Andréa Gonçalves e Judith Fernandes estão muito satisfeitas com o resultado e felizes, por mais uma vez, poder ajudar a muitas Instituições e pessoas. “O crescimento do resultado financeiro do evento é sim muito importante, pois traz a solução para necessidades materiais das entidades, mas a oportunidade que as pessoas que contribuem com a Casa de Noel encontraram de participar desta ação solidaria, é sem dúvida nenhuma um resultado muito rico. É a prova de que a rede de voluntariado e apoio cresce a cada ano, com a graça de Deus”, comemora Andréa.