Taubaté vence no tie-break e fatura o título inédito do Paulista de Vôlei

Partida decisiva aconteceu na tarde deste sábado (25), no ginásio do Abaeté




Taubaté comemora o título inédito do Paulista. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

Taubaté comemora o título inédito do Paulista. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

Com o ginásio lotado pelos seus torcedores, o Taubaté, comandado pelo técnico Cezar Douglas, conquistou na tarde deste sábado (25), o título do Campeonato Paulista de Vôlei da Divisão Especial.

CONFIRA A REPORTAGEM EM VÍDEO

publicidade

A partida decisiva aconteceu no Abaeté, que foi tomado por mais de 2200 torcedores taubateanos, que empurraram e gritaram durante toda a partida e viram o time da casa fazer 3 sets a 2 no Sesi-SP, parciais 25/16, 25/17, 26/24, 25/22 e 15/11.

Mas a partida não foi fácil para o time da casa, que depois de vencer os dois primeiros sets, viu o Sesi-SP crescer na partida e empatar em 2 a 2. Mas no intervalo para a volta do tie-break, o técnico do Taubaté conseguiu acalmar seus jogadores, que voltaram com o mesmo espírito dos dois primeiros sets e venceram o set por 15 a 11 e fecharam a partida em 3 a 2.

Com a segunda vitória seguida sobre o Sesi-SP, o Taubaté chegou ao título inédito para a cidade no Campeonato Paulista, quebrando a hegemonia do time da capital , que é tricampeão da competição.

VEJA FOTOS DA PARTIDA e DA PREMIAÇÃO

Este slideshow necessita de JavaScript.

O JOGO
Jogando em casa e empurrado pela torcida, o Taubaté começou arrasador no primeiro set. No primeiro saque, Lipe já abriu o placar com um ace. Ainda na sua passagem pelo saque, a equipe conseguiu fazer 4 a 0.

Sidão (esq.), do Taubaté e Murilo, do Sesi-SP, desfalcaram suas equipes na grande final. Jogadores estão se recuperaando de lesão. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

Sidão (esq.), do Taubaté e Murilo, do Sesi-SP, desfalcaram suas equipes na grande final. Jogadores estão se recuperaando de lesão. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

E essa foi a tônica do primeiro set, o Taubaté aproveitou muito bem o saque, os ataques e soube se defender, quando foi necessário. Por outro lado, o Sesi-SP parecia meio apático em quadra, e embora o técnico Marcos Pacheco tentasse conversar com seus jogadores, nada parecia dar certo para o time da Capital.

Com isso, o Taubaté fechou o set em 25 a 16 e fez 1 a 0 na partida, deixando o Sesi-SP em uma posição ainda mais difícil na competição.

Equipe de Taubaté comemora ponto na partida no ginásio do Abaeté. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

Equipe de Taubaté comemora ponto na partida no ginásio do Abaeté. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

O segundo set começou mais equilibrado. Parece que o Sesi-SP conseguiu se encontrar em quadra e os dois times foram disputando ponto a ponto até metade do set. Depois o Taubaté conseguiu abrir vantagem e a foi mantendo até o final, para fechar 25 a 17 e fazer 2 a o na partida.

Lance da partida. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

Lance da partida. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

O terceiro set também começou equilibrado e o Sesi-SP conseguiu se manter à frente no placar por um bom tempo. O Taubaté conseguiu o empate, mas o Sesi-SP, não se deu por vencido e forçando o saque e aproveitando os ataques, conseguiu vencer o set por 26 a 24, no set mais disputado até o momento entre as duas equipes neste final de competição e fez 2 a 1 na partida.

PortalR3

Taubaté e Sesi-SP em ação. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

O quarto set começou com o Sesi-SP mandando na partida. A equipe da Capital abriu cinco pontos de vantagem sobre o Taubaté. Se no primeiro set o Sesi-SP, parecia não estar em seu melhor dia, no quarto set, tudo parecia funcionar muito bem e os pontos foram surgindo.

O Taubaté tentava voltar ao jogo dos dois primeiros sets, mas estava complicado e ainda para piorar, perdeu o levantador Rapha, que acabou saindo da partida após uma contusão.

O Sesi-SP continuou impondo o seu ritmo no jogo e na manutenção dos pontos, venceu também o quarto set por 25 a 22, empatando a partida em 2 a 2 e provocando o set decisivo.

Rapha sofre contusão e sai na partida no meio do quarto set. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

Rapha sofre contusão e sai na partida no meio do quarto set. (Foto: Fernando Noronha/PortalR3)

No tie-break, o Taubaté voltou como nos dois primeiros sets. Atento e focado na partida, foi fazendo pontos, e empurrado pela torcida, foi marcando pontos. O Sesi-SP até esboçou uma reação, mas no final não deu, vitória do Taubaté no set por 15 a 11 e na partida por 3 sets a 2, que comemora assim o título inédito para a cidade.

EQUIPES
Taubaté: Lorena, Deivid, Rapha, Dante, Lipe,  Maurício e o líbero Felipe
Entraram: Pedro, Leozão, Alberto, Rodrigo e Thiago Sens
Técnico: Cezar Douglas

Sesi-SP: Marcelinho, Théo, Aracajú, Douglas, Lucarelli, Lucão e o líbero Serginho
Entraram: Mão, Thiaguinho, Rafael, Riad e Thales
Técnico: Marcos Pacheco