Em Pinda, merenda escolar terá inclusão de produtos da agricultura familiar




O chamamento público teve uma boa participação de interessados. (Foto: Divulgação/PMP)

O chamamento público teve uma boa participação de interessados. (Foto: Divulgação/PMP)

Os alimentos originados da agricultura familiar integrarão a merenda oferecida pela Secretaria de Educação da Prefeitura às unidades escolares municipais e estaduais. A cidade segue a determinação da Lei Federal 11.947, que diz que pelo menos 30% dos produtos adquiridos para alimentar os estudantes com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) deverá vir da agricultura familiar.

publicidade

Para atender a lei, foi realizado, no último dia 26, um chamamento público, dividido entre empresas formais e produtores individuais. Na parte de empresas formais, entram leite em pó integral, leite UHT e suco de uva, que estão em fase de apresentação de amostras. Os próximos passos serão a homologação e a assinatura de contrato.

Na parte dos produtores individuais, dos 19 produtos solicitados, apenas cinco não foram apresentados. De acordo com informações da Secretaria de Educação, houve uma boa presença de interessados do município e região, e uma integração positiva com os produtores rurais. Nesta semana, quarta-feira (15), será realizada a última sessão para desempate entre os agricultores do município, às 13h30, no Departamento de Licitações e Compras.

Os alimentos apresentados foram: abóbora madura, abobrinha brasileira, acelga, alface, couve, beterraba, pepino, repolho, tomate, goiaba, laranja pêra, laranja poncã, maracujá e mel em sachê. Faltaram: cenoura, chuchu, inhame, espinafre e banana.

Com a finalização do processo, os agricultores farão a entrega dos alimentos no prédio do setor de Alimentação Escolar, no Alto Cardoso e a Prefeitura realizará a distribuição para as unidades escolares.

A secretária de Educação da Prefeitura se mostrou satisfeita com o resultado do chamamento público. “Estamos felizes com a integração da agricultura familiar na nossa merenda. Quem ganha são os nossos alunos, com produtos mais frescos em sua alimentação. Agradecemos a todos que vieram participar do chamamento, que foi o primeiro, e que será realizado novamente, de acordo com as safras. Por isso, incentivamos os agricultores que ainda não participaram, que procurem a Casa da Agricultura para retirar seu DAP, e participem conosco das próximas oportunidades”, destacou.

A intenção da Secretaria de Educação da Prefeitura é servir a nova merenda ainda nesse ano, já que as aulas seguirão até o dia 22 de dezembro.