Lucas de Borba é campeão do Open Shimano em Balneário Camboriú

Por: Share:
Lucas comemora vitória na PRO. (Foto: Divulgação/Shimano)
Lucas comemora vitória na PRO. (Foto: Divulgação/Shimano)

O catarinense Lucas de Borba, de 19 anos, conquistou neste domingo (21) o título da etapa brasileira da principal competição de Mountain Bike da América Latina, o Open Shimano. Na disputa realizada no Parque Unipraias, em Balneário Camboriú (SC), Lucas deixou para trás nomes de destaque do Downhill nacional, como Maicon Zottis, Walace Miranda, Markolf Berchtold e Lucas Bertol, que completaram as cinco primeiras colocações da PRO.

publicidade

“Foi muito legal me sagrar o primeiro campeão brasileiro de uma das etapas do Open Shimano Latino América, uma prova importante, com boa mídia e ótimo público. Estou muito feliz. A disputa contou com a galera andando muito forte. Gosto muito de pedalar em Balneário, porque conheço bem a pista, que tem uma descida muito boa, e queria muito ganhar aqui, já que é do lado de casa”, comemorou Lucas, que havia se classificado em primeiro após a tomada de tempo do sábado (20).

Quando chegou a hora de fazer sua descida, Lucas precisava baixar o tempo de Maicon Zottis, líder até aquele momento, com 2min16seg170. Porém, Zottis não foi páreo para o jovem campeão, que baixou em quase um minuto e meio o tempo do rival. Com 2min14seg570, levou o troféu da etapa. Ao fim da prova, com apenas 0,02 segundos à frente do terceiro colocado, o vice-campeão comemorou o resultado.

“A prova foi muito bem disputada. Na semana passada tive uma queda e acabei luxando o músculo da mão e foi bem difícil a descida aqui, porque tive que fazer bastante força. Mesmo assim, fico feliz por ter feito uma boa descida boa, suficiente para garantir a segunda colocação”, destacou Zottis, que relembrou sua participação em 2013, na abertura do Open Shimano Latino América e parabenizou a organização.

“Ano passado tinha corrido aqui o Open Shimano e consegui fazer a primeira colocação na classificatória, porém caí na final. Desta vez consegui ter um bom desempenho na final. A Shimano é número 1 no mundo e a conseqüência disso é de sempre organizar os melhores eventos. E aqui o Open Shimano arrebentou. Com certeza estarei nos próximos eventos que a marca organizar”.

Outros resultados – Na categoria Elite, o título ficou com Renato Pereira, com o tempo de 2min23seg210. Na Juvenil, a vitória foi de Muriel Lohn, com 2min21seg120, e no Feminino, Bruna Ulrich, com 2min46seg870. Na Máster A1, Luiz Junior foi o vencedor (2min24seg760), na A2, Fernando Ract (2min32seg930), e na B, Ayr Freitas (2min38seg340).