Ciclismo

CBC envia jovens promessas do ciclismo de Estrada para a Europa

Atletas vão participar do Projeto de Intercâmbio no Centro Mundial de Ciclismo, na Suíça




tletas nos Jogos da Juventude 2013. (Foto: Divulgação/CBC)

tletas nos Jogos da Juventude 2013. (Foto: Divulgação/CBC)

Dando continuidade ao Projeto de Intercâmbio – que proporciona os atletas treinarem e competirem na Europa – a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), investindo nas categorias de base, selecionou quatro jovens promessas do ciclismo nacional para integrarem o projeto. André Gohr e Rodrigo Quirino desembarcaram na última semana e estarão passando um longo período em Aigle, na Suíça, onde serão supervisionados pela equipe multidisciplinar da UCI no Centro Mundial de Ciclismo (CMC).

publicidade

O objetivo inicial é fazer uma boa preparação para disputar os Jogos Olímpicos da Juventude de 2014, que será realizado entre os dias 16 e 28 de agosto, em Nanjing, na China, e também o Mundial, entre os dias 21 e 28 de setembro, na Espanha. Os outros dois integrantes são Ana Paula Casetta e Renata Lopes, que estarão embarcando para a Suíça em setembro.

Estreando com o pé direito, André Gohr já alcançou o primeiro pódio em terras européias. O resultado aconteceu no último fim de semana. André Gohr e Rodrigo Quirino participaram de uma competição de dois dias, dividida entre uma prova Contra-Relógio, no sábado (12), e um circuito, no domingo (13). André conquistou a terceira colocação no Contra-Relógio e não escondeu a sua felicidade.

“É uma experiência completamente nova em todos os sentidos. O resultado serviu para quebrar o gelo e começar a preparação acreditando no nosso potencial. Vamos trabalhar duro para que melhores resultados possam surgir. Só tenho a agradecer a todos que torcem por mim e a CBC pela grande oportunidade”, comentou André Gohr.

Para Francisco Florencio, diretor do Departamento de Alto Rendimento da CBC, os resultados alcançados pelo projeto servirão de combustível para a continuidade dos trabalhos e motivação para surgir novos talentos. “Os atletas que estão participando do projeto de intercâmbio de treinamento e competições estão tendo a oportunidade de amadurecer sua forma competitiva. Esses resultados serão determinantes para suas carreiras como atleta e para O crescimento do ciclismo nacional, além de servirem como referência para outros jovens atletas no Brasil no futuro”, destacou Francisco.

Projeto de Intercâmbio CBC
Atualmente a Confederação Brasileira de Ciclismo, com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, contempla treze atletas no Projeto de Intercâmbio.

São seis velocistas do Ciclismo de Pista: Diefferson Borges, Flávio Cipriano, Kacio Freitas, Fernando Sikora, Gabriela Yumi e Wellyda Rodrigues. Os atletas estão reunidos no Centro Mundial de Ciclismo, na Suíça, onde realizam uma preparação especifica para disputar a Copa do Mundo, que terá a primeira etapa em novembro, na cidade de Manchester, na Inglaterra.

Além dos atletas da Pista, atualmente o Brasil também está representado no CMC por seis talentos do Ciclismo de Estrada, sendo dois atletas da Sub-23 (Caio Godoy e João Marcelo Gaspar) e quatro atletas da categoria Junior (André Gohr, Rodrigo Quirino, Ana Paula Casetta e Renata Lopes). No BMX, a representante é Thaynara Morosini.

Durante este período no projeto, os atletas estarão treinando com supervisão da UCI e participando de várias competições do calendário internacional pela Europa, incluindo Campeonatos Pan-Americanos e Mundiais.