Antônio Garnero é o novo campeão brasileiro de ciclismo de Estrada

Por: Share:
Antônio Garnero cruza a linha de chegada sozinho e comemora o primeiro título Brasileiro de sua carreira. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)
Antônio Garnero cruza a linha de chegada sozinho e comemora o primeiro título Brasileiro de sua carreira. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Antônio Fernando Prestes Garnero, da equipe de São José dos Campos, é novo campeão brasileiro de ciclismo de Estrada. Garnero conquistou o título neste domingo (29) em prova realizada no parque Damha, em São Carlos. O atleta joseense cruzou a linha de chegada sozinho, após percorrer os 187 km da prova em 4h41min57.

“Estava me sentindo bem e junto com o Betinho [Roberto Silva], nós conseguimos impor um ritmo forte. Sabíamos que se viesse para o sprint, o Betinho vencia. Mas na última volta, eu ataquei na subida e vim sozinho e assim consegui conquistar o meu primeiro título no Brasileiro”, disse o campeão Antônio Garnero.

VEJA COMO FOI A PROVA E O TÍTULO DE GARNERO

O segundo lugar ficou com seu companheiro de equipe, Roberto Pinheiro da Silva, que terminou a prova em 4h43min15.

Thiago Duarte Nardin, da equipe de Ribeirão Preto, ficou com o terceiro lugar no pódio. Ele completou o percurso em 4h43min25.

Pódio do Brasileiro de Estrada. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)
Pódio do Brasileiro de Estrada. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

PROVA DURA E RITMO FORTE
Esta edição do Brasileiro foi muito disputada. Um grande pelotão se alinhou para a largada. Em busca do título, vários atletas de destaque, como Rafael Andriato, que compete na Itália e o até então, campeão brasileiro, Rodrigo Nascimento e outros vários.

Equipe de São José dos Campos puxando o pelotão. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)
Equipe de São José dos Campos puxando o pelotão. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Logo na primeira volta no circuito, uma fuga já fez o restante do pelotão trabalhar forte. A fuga durou algumas voltas e depois foi neutralizada.

publicidade

 

Magno Prado Nazaret, de São José dos Campos, saiu também em uma fuga solitária no meio da prova. Ele percorreu algumas voltas à fundo e o pelotão que vinha atrás apertou o passo, o que fez com que muitos atletas sobrassem.

A fuga foi outra vez neutralizada, mas uma nova fuga teve início nas voltas seguintes. Na primeira delas, Rodrigo Nascimento e Roberto Pinheiro, abriram do pelotão e depois foram alcançados por Antônio Garnero e Thiago Nardin, que saíram em uma segunda fuga.

Os quatros seguiram e abriram grande vantagem dos demais. Rodrigo Nascimento, teve problema em sua bicicleta e acabou perdendo contato com os companheiros de fuga.

Os três [Betinho, Garnero e Nardin] se revezaram e foram percorrendo os quilômetros finais da prova. Na abertura da última volta, os três ainda estavam juntos.

Na última subida, que é na saída mata, Antônio Garnero, atacou e deixou para trás Roberto Pinheiro e Nardin.

Antônio Garnero, Roberto Silva e Thiago Nardin durante a fuga. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)
Antônio Garnero, Roberto Silva e Thiago Nardin durante a fuga. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Nardin ainda tentou uma reação e veio em busca de Garnero, mas não conseguiu alcançá-lo. Com câimbras, ainda foi ultrapassado por Roberto Silva já nos quilômetros finais.

Fim de prova, Antônio Garnero, novo campeão brasileiro de Estrada, com Roberto Silva em segundo, ambos de São José dos Campos, e Thiago Nardin, de Ribeirão Preto, em terceiro.

SUB23
No Sub23, o título ficou com Marcelo Dill, de Foz do Iguaçu, com 4h49min29. André Almeida, de São José dos Campos, foi o segundo e Antônio Matta, de Boituva, terminou em terceiro lugar.

CLASSIFICAÇÃO GERAL

ELITE
1) Antonio Fernando Garnero (Funvic Brasilinvest / São José dos Campos), 4:41:57.402
2) Roberto Pinheiro da Silva (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos), 4:43:15.504
3) Thiago Nardin (S. Francisco Saúde/Açúcar Caravelas/Gold Meat/ SM), 4:43:25.145
4) Rodrigo do Nascimento (S. Francisco Saúde/Açúcar Caravelas/Gold Meat/ SM), 4:45:36.785
5) Emerson da Silva Santos (Equipe UFF de Ciclismo), 4:45:51.666
6) Alex David Mayer Arseno (Funvic Brasilinvest/São José dos Campos), 4:45:52.019
7) Everson de Assis Camilo (Avai/FME Florianópolis/APGF), 4:46:05.033
8) Verinaldo Vandeira (ECT-Equipe de Cilclismo de Taubaté /Tarumã/Valgroup), 4:46:05.377
9) Raphael Mesquita Mendes (Equipe UFF de Ciclismo), 4:46:06.132
10) Gilberto Veiga de Góes (Avai/FME Florianópolis/APGF), 4:46:18.732

SUB23
1) Marcelo Augusto Gomes Dill(Smel/Villa Foz Supermercado/Foz do Iguaçu), 4:49:29.056
2) Andre de Souza Almeida (Funvic/ Brasilinvest / São José dos Campos), 4:49:29.113
3) Antonio Luan Nascimento da Matta (Associação Radical Sports Club/ Boituva), 4:49:29.133
4) Peterson Tozzi Neves (Ironage – Colner), 4:49:29.693
5) Endrigo da Rosa Pereira (GRCE Memorial/ P M Santos), 4:50:36.317

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *